Doenças do Coração

Doenças do coração

– Esclarecendo as doenças cardíacas

O músculo cardíaco é uma das bombas mais eficientes jamais inventadas, contraindo-se e aproximadamente 2,5 bilhões de vezes ao longo de uma vida de 79 anos.
Porém, como qualquer outra bomba, se ficar obstruído, torna-se menos eficiente ou acaba parando por completo por doenças do coração.
A partir da idade adulta, placas da substância gordurosa chamada colesterol vão sendo depositadas nas paredes das artérias.
Eventualmente, o depósito formado poderá ocluir as artérias coronado, que fornecem sangue ao próprio músculo do coração (miocárdio), provocando uma doença cardíaco.
A oclusão parcial pode provocar angina de peito. Situação mais grave ocorre na oclusão total de uma artéria coronária, obstruindo-a completamente.
Parte do coração é assim privada de oxigênio, provocando um “ataque cardíaco”, ou enfarte do miocárdio, que pode provocar a morte por parada cardíaca.

Tipos de doenças do coração

Outras doenças do coração estão associadas a idade avançada. O coração fica mais cansado e pode existir um bloqueio auriculoventricular completo, situação em que o coração bate muito lentamente, por vezes apenas 30 ou 40 vezes por minuto.
A frequência cardíaca não aumenta com os esforços, por isso o doente cansa-se com muita facilidade.
As válvulas do coração também podem tornar-se doentes nas pessoas idosas, muitas vezes como resultado de febre reumática. Os sintomas típicos são a falta de ar, (dispinéa) e a retenção de líquido, que provoca a inchação dos tornozelos e dos pés ao fim do dia.

Algumas crianças nascem com doenças cardíacas congênita pela ma-formação das cavidades cardíacas ou das válvulas do coração.

 A cardiomiopatia é um estado de fraqueza geral do músculo cardíaco(miocárdio) que não tem força para contrair  normalmente, aumentando muito as suas dimensões. São as causas que podem estar na sua origem, e pode ocorrer em qualquer idade. É uma doença muito grave e o tratamento possível é o transplante de coração.

Importante: Qualquer pessoa que suspeite ter uma doença cardíaca de consultar um medico antes de recorrer a qualquer regime ou terapia alternativa.

O que dizem as medicinas Alternativas

Métodos naturais: Os terapeutas aconselham a procurar tratamento medico para doenças do coração, mas podem ensinar cetas medidas de caráter preventivo: a redução da ingestão de gorduras, principalmente as de origem animal, açucares e sal fara parte de um regime dietético que inclui maior quantidade de frutas e vegetais frescos,  bem como cereais integrais; a pratica regular de exercícios físicos, a fim de manter o coração  e pulmões em melhor forma, e também relamento e exercícios, como ioga, por exemplo, afim de combater o estresse.

Outros tratamentos Alternativos:

Treinamento autogênico: Tem se revelado eficaz na redução da pressão arterial e de níveis de colesterol acima do normal, bem como na regularização do ritmo das pulsações cárdicas, aumentando o fluxo sanguíneo ate as extremidades do corpo. Todos esse fatores podem contribuir para aumentar a eficiência do sistema cardiovascular e circulatório, ajudando assim  o coração a voltar a condição normal

O que dizem os médicos:

Os médicos tentam prevenir a ocorrência de doenças cardíacas aconselhando as pessoas a fazer exercícios físicos regulares, a seguir uma dieta equilibrada e anão FUMAR. A detecção e o tratamento precoce de da hipertensão arterial e correção e níveis de elevados de colesterol, e triglicerídeos no sangue são também medidas muito importantes na prevenção das doenças cárdicas.

Os médicos podem receitar uma grande variedade de medicamentos para controlar a angina de peito. Outras vezes é necessário recorrer a cirurgias cardíacas, quer colocando próteses valvulares ( válvulas artificiais), quer recorrendo-se a cirurgia de ponte de safenas aórtica-coronária, que restabelece o fluxo sanguíneo na artéria coronária obstruída. O tratamento medico moderno aplicado em caso de ataque cardíaco inclui remédios capazes de eliminar os coágulos, como a estreptoquinase.

Algumas ambulâncias são equipadas com desfibriladores que, emitindo choque elétricos, permitem o tratamento das arritmias  responsáveis pela para cardíaca. O bloqueio auriculoventricular  completo é tratado com exito através da implantação de um marca-passo acionado por pilhas, que fica colocado por baixo da pele do tórax. Esse dispositivo produz estímulos elétricos que são necessários a manutenção regular das pulsações do coração com uma frequência constante de 70 a 72 pulsações por minuto para homem adulto, e 78 a 82, para mulheres.

Fonte: Dicionario de medicina natural -  Reader´s Digest

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

4 × one =

WhatsApp chat