Angina de peito

Por sobreplanos em

Angina de peito

– Esclarecendo a Agina de peito:

Os sintomas mais frequentes da angina de peito caracterizam-se por dores repentinas; e o sensação de aperto ou pressão retroesternal localizadas na parte superior do tórax.

Esses sintomas podem ser acompanhados de intenso mal-estar e suores frios abundantes, mas normalmente não põem a vida em risco.

O primeiro ataque de angina de peito pode surgir sob a forma de  choque (quadro clínico comum a uma insuficiência cardiovascular que pode ter causas diversas).

Por isso deve-se procurar imediatamente auxílio médico.

as dores geralmente ocorre depois de um esforço ou exercícios mais violentos. Tem a duração de alguns minutos e podem irradiar para um ou para dois membros superiores; particularmente a face interna do braço esquerdo, o pescoço, a garganta, o maxilar inferior ou o dorso.

Frequentemente são acompanhadas da sensação de desmaio, falta de ar, náuseas ou a impressão de morte eminente.

As dores tem intensidade variável, de leves a intensas e podem ser acompanhadas pela sensação de esmagamento, ardor, dor ou entorpecimento do tórax, mas não são do tipo punhaladas ou e “picada”.

A causa da angina é o fornecimento insuficiente de sangue ao coração. Nos momentos de maior esforço, como, por exemplo, ao subir escadas, correr para o ônibus,  até perder a calma; o organismo precisa de mais oxigênio.

Para dar resposta a essa necessidade, a frequência cardíaca aumenta (o coração bate mais depressa) e elevam-se os valores da PRESSÃO ARTERIAL, de modo a aumentar a velocidade de circulação do sangue e, consequentemente fazer chegar mais oxigênio aos diferentes tecidos do corpo.

Por vezes, o coração não funciona bem, por que as artérias responsáveis pela irrigação encontram-se estenosadas e não permitem níveis adequados do fluxo circulatório (v. ARTERIOSCLEROSE).

É então que surgem as dores da angina de peito, um sinal de aviso de que o coração não consegue esforçar-se mais. A pessoa deve parar e descansar imediatamente. Ou, se estiver emocionalmente perturbada deve acalmar-se e descontrair-se.

A angina esse não é sinônimo de lesões irreversíveis. Excetuando-se o momento de uma crise, as artérias coronárias da pessoa com angina de peito, embora com seu diâmetro reduzido, garantem o fornecimento ao músculo cardíaco (miocárdio),do sangue necessário para as atividades básicas; o fornecimento nunca é completamente interrompido e não existe, em princípio, risco de morte (necrose) de tecido miocárdio. Mas se as estenoses das artérias continuarem a progredir, aumentam os riscos de um ataque cardíaco (v. Doenças do coração).

Atenção. Nenhum terapeuta alternativo deve tratar dores torácicas sem primeiro descobrir a causa. Os conselhos a seguir destinam-se aos casos diagnosticados como de angina estável (angina moderada).

Angina de peito - O que dizem as medicinas alternativas

MÉTODOS NATURAIS

Consulta. Os terapeutas realçam a importância da dieta como meio de diminuir a progressão da doença arterial arteriosclerótica (depósitos de colesterol nas paredes das artérias, reduzindo seu calibre) e a redução da reserva cardíaca do coração.

Em geral, a dieta deve basear-se em legumes crus ou ligeiramente cozidos, frutas frescas e saladas, cereais integrais, leguminosas, como feijões e as lentilhas, peixes, carnes magras e frango.

Acredita-se que os mingau de aveia e o farelo de aveia reduzem o nível de colesterol no sangue e devem ser comidos regularmente, junto com peixes gordos grelhados, como cavala e a sardinha. A pessoa será aconselhada a substituir as gorduras animais por gorduras vegetais insaturadas, óleos vegetais, produtos pobres em gordura animal e a evitar o açúcar, o sal e o álcool, para reduzir a pressão arterial.

Evite café (mesmo o descafeinado) e outras bebidas que contêm cafeína, tais como chá, refrigerantes de cola e cacau, pois elas aumentam a pressão arterial e a frequência cardíaca.

Em vez disso, beba chás de plantas medicinais e substitutos do café preparados com figos, chicória e cereais.

No tratamento, ocupará lugar primordial a diminuição do stress, o que poderá ocorrer através de uma mudança de atitude no trabalho, ou até mudança de emprego; e a organização do dia, de modo a proporcionar tempo suficiente para pessoa repousar e relaxar. Ela será encorajada a criar uma perspectiva positiva da vida e a evitar atitudes e competição desmedida no relacionamento com os outros.

Recomenda-se técnicas de RESPIRAÇÃO E RELAXAMENTO e também EXERCÍCIOS regulares e leve, como caminhada, natação e ciclismo, dependendo do estado geral de cada um.

O terapeuta irá prescrever níveis seguros dos exercícios que se podem praticar,mas um bom conselho geral e nunca fazer nada que possa impedir de parar para conversar a qualquer momento.

Os doentes que estejam tomando medicamentos receitados por um cardiologista, como, por exemplo, nitritos e bloqueadores beta-adrenérgicos, serão obrigatoriamente aconselhados a evitar os exercícios mais violentos.

O terapeuta de métodos naturais pode ainda sugerir suplementos dietéticos, incluindo cálcio e magnésio, que,  segundo se sabe, melhoram as funções do coração e do sistema nervoso.

Os complexos vitamínicos B são recomendados há quem sofra de estresse ou cansaço, e a vitamina C é indicada para reduzir os níveis de colesterol no sangue.

Se você comer margarina e óleos vegetais em excesso, poderá ser aconselhado a tomar vitamina E, o que melhora igualmente o funcionamento das artérias coronárias. Começará com pequenas doses de 100 a 200 UI ao dia, especialmente se a sua pressão arterial for alta, e gradualmente subir a para 400 a 600 UI, se não ver aumento da pressão arterial.

Alguns especialistas podem recomendar sucos, JEJUM uma dieta de frutas e legumes crus – sob supervisão – como forma de baixar a pressão arterial e melhorar a circulação para o sistema cardiopulmonar.

PLANTAS MEDICINAIS

Auto ajuda. Um remédio de plantas medicinais que pode ser receitado para angina de peito é uma infusão de bagas de pilriteiro misturada com milefólio para a pressão alta, ou uma infusão de flor de Limeira para a arteriosclerose.

Afirma-se que o alho, acrescentado à comida, em forma de cápsula, faz baixar o nível de colesterol no sangue e reduz o risco de os coágulos obstruirem as artérias já estreitas, impedindo a passagem do fluxo sanguíneo.

A aveia, geralmente comida em mingaus, é outra maneira eficaz de reduzir o colesterol.

QUANDO PROCURAR AUXÍLIO MÉDICO

  • Se suspeitar de crise de angina, deve chamar imediatamente o médico (de preferência especializado em cardiologia), ou recorrer aos serviços hospitalares de urgência.
  • Se as crises se tornarem mais frequentes ou foram desencadeados por causas  diferentes das habituais (angina instável).
  • Se a dor for mais intensa do que habitualmente, ou apresentar sintomas diferentes (angina em crescimento ou de início recente).
  • Se o ataque for acompanhado de sua cores fios
  • Se sentir dor durante a noite, impedindo de dormir ou acordando.
  • Se a angina de peito reaparecer após tratamento para o ataque cardíaco
  • Se a medicação habitual não surgir efeito durante uma crise
  • Se a dor durar mais que o habitual e sempre que eu trapassar os 10 minutos

Angina de Peito - O que dizem os médicos:

os médicos vem individualizando diferentes e complexos fatores responsáveis pela angina de peito. Particularmente significativo endurecimento (o envelhecimento) das artérias coronárias – a arteriosclerose. O estresse, a tensão emocional, e as perturbações de foro psíquico, são outros fatores adicionais, que podem causar ou contribuir para a angina de peito. Se você está em um emprego com grandes níveis de competição, ou ainda, tem conflitos domésticos, as reações do seu sistema nervoso aumenta a  possibilidade de vir a ter angina de peito.

o médico realizará diferentes exames de diagnósticos especializados, de modo a poder detalhar a existência de doenças das artérias coronárias. Conforme os resultados, podem ser receitados medicamentos, como já citados acima, por exemplo, nitritos ou bloqueadores beta-adrenérgicos para prevenir, ataques cardíacos ou tratá-los.

o médico também irá aconselhá-lo a evitar o estresse e prescrever a uma dieta pobre em gorduras.

Muitas vezes, é necessário recorrer a tratamentos cirúrgicos, como sucede com as operações de ponte de safena; quando as artérias têm estenoses graves e ou oclusões. Retira-se um segmento de veia de outra parte do corpo da pessoa (a safena da perna), utilizado como uma ponte sobre a zona de circulação mais restrita, de modo que o sangue possa circular.

Fonte: Dicionario de medicina natural -  Reader´s Digest

0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *